EM CADA SONHO UM POEMA, UMA ALMA, UM CORAÇÃO DESFEITO DE MILHENTAS ATITUDES...SOLTA-TE PELO VAGUEAR DOS PENSAMENTOS, LÊ POESIA E DESCOBRE-TE NA IMENSIDÃO DAS PALAVRAS!...Yaleo 

Sábado, 22 de Setembro de 2007
Raio de Sol

Visto-me de raios de sol, ao escrever junto à praia...
Sou como gaivota que pensa e solta as asas no horizonte.
Pego-te como se fosses uma pluma da minha asa,

Limpo-te as lágrimas sofridas de uma solidão que julguei que curava.
Nada de mais, apenas uma dor de alma trancada pela vida amarga,

Sou e serei a ave que te ampara…
Não chores mais, as sendas do infinito escuro se abriram a grandes caminhos de claridade.
Sente minhas mãos segurando teu dorso, apagando teu passado como se ele nem tivesse existido...
Nasce e renasce novamente, deixa-te cair, fica sem sentidos.

Segura a minha mão que te mima, deixa minha boca tocar a tua tão suave como a liberdade.

Sou o teu anjo…

Abraça-me forte e deixa-me respirar fundo sentindo o prazer de me vestir de Verão

Bebericarei tudo o que o mar me der, e tu estarás sempre ao meu lado

Espero por ti todas as tardes sentada no raio de sol do nosso destino

E nunca irei descer porque a terra não me pertence.



publicado por Yaleo às 20:21
link do post | comentar | favorito

5 comentários:
De mariavieira a 22 de Setembro de 2007 às 23:20
Espero sinceramente que encontres um anjo assim para ti. Até porque todos nós precisamos e merecemos ter um que nos ilumine com os seus raios de Sol. Bjs


De herminianadais a 23 de Setembro de 2007 às 02:01
Que beleza, minha amiga!
Quanta paz, quanta doçura,
quanto carinho, ternura,
quanta guarida, perdão...
quanta dádiva de vida
profundamente sentida
que enche a alma de candura
e de amor o coração!

Mil beijos da tua amiga, Hermínia


De Yaleo a 23 de Setembro de 2007 às 15:06
Obrigada pela visita e pelo miminho.
Um beijo para vocês.


De Jose a 23 de Setembro de 2007 às 22:44
Como sempre , as tuas palavras , os teus poemas sao sempre bons
Continua assim , nos gostamos de ler o que escreves

Beijinho


De saoloira a 27 de Setembro de 2007 às 12:32
Como sempre as suas fotos e poema têm o dom de nos transportar para o seu interior, vivendo-os...


Comentar post

© Todos Direitos Reservados
.Flor
.pesquisar
 
.Outubro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.Poesias recentes

. GRITO

. A resposta

. "A minha janela" em Lisbo...

. Hoje...

. Feliz Dia da Mãe

. Para ti que existes

. Apresentação em Aveiro

. CONVITE - Apresentação em...

. Tempo

. Promoção do Romance "A mi...

.arquivos

. Outubro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

.links