1 comentário:
De Anónimo a 28 de Abril de 2009 às 13:07
Um abeleza este poema:)


Comentar post