EM CADA SONHO UM POEMA, UMA ALMA, UM CORAÇÃO DESFEITO DE MILHENTAS ATITUDES...SOLTA-TE PELO VAGUEAR DOS PENSAMENTOS, LÊ POESIA E DESCOBRE-TE NA IMENSIDÃO DAS PALAVRAS!...Yaleo 

Sábado, 12 de Abril de 2008
Cansei de esperar...
Pelo universo cansei de olhar
De tentar ver o impossível!
De Suspirar a cada gota de chuva
Que cai e me molha a pele seca…
Cansei de não ver teu brilho
Nos olhos claros de orgulho…
Cansei de ser eu mesma
De sonhar de olhos abertos
Esperando ver o contorno
Do teu corpo celeste
Que me cansa de amar…
Cansei de sofrer pelo amor
Que me dás a cada minuto que passa,
Quero ser pura e não consigo
Deixar de gostar de ti…
Cansei de amar o impossível
De esperar pelo cair da noite
Para sonhar contigo…
Deito-me no manto de manta morta
Esperando que me canses de amor
E tu não apareces…
Cansei-me de ti e tu nem deste conta…


publicado por Yaleo às 22:32
link do post | comentar | favorito

8 comentários:
De Victor José a 14 de Abril de 2008 às 00:55
Grande poema miguinha!
Tens aqui “material” para recriar e inventar em 1001 partículas de novos poemas e tantas verdades, tanto de ti num só poema... é o resumo de um(?) amor, sem tempo, sem personagem, sem horizonte definido, ou sem amor...
Como eu te entendo... eu sei que sabes que eu penso assim, porque a nossa linha poética é muito idêntica e porque será?! É simples... tão simples como a nossa vida...
Bjinhos


De Júlia a 14 de Abril de 2008 às 12:15
Como sempre, a palavra feita poesia muito bela.
Uma boa semana
Bj


De herminianadais a 16 de Abril de 2008 às 15:44
A vida traduzida em palavras de encantar e em cantos de amor tão reais!!!
Gosto imenso de te ler!
Bjs


De menina sonhadora a 19 de Abril de 2008 às 18:29
Olaaaa!
amei o texto
lindooo, magnifico.
obrigada pela visitinha, ja tinha saudades.
volta sempre
bjs e bom fim de semaninha =D


De yaleo a 21 de Abril de 2008 às 18:23
Obrigada amigos pelas palavras tão bonitas.
Um beijo para todos


De olha_por_mim a 23 de Abril de 2008 às 16:02
Olá amiga!!!!
Desde já obrigado pelas visitas que me tens feito...e pelos comentários deixados...
Amei o poema...está excelente mesmo...
Beijocas muito grandes


De estreladosul a 24 de Abril de 2008 às 01:56



Pode ser que ele caia em si e se aperceba, amiguinha. Nunca é tarde para amar.

Uma optima semana

Bjinho amigo

Mario Rodrigues


De Yaleo a 24 de Abril de 2008 às 12:28
Pois não Mário, nunca é tarde para se amar, vivemos amando, morremos sem nada amar...
Um beijo e obrigada pela visita:)


Comentar post

© Todos Direitos Reservados
.Flor

Associação Cultural Jornal O Arrifanense
.pesquisar
 
Users Online
.Outubro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.Poesias recentes

. GRITO

. A resposta

. "A minha janela" em Lisbo...

. Hoje...

. Feliz Dia da Mãe

. Para ti que existes

. Apresentação em Aveiro

. CONVITE - Apresentação em...

. Tempo

. Promoção do Romance "A mi...

.arquivos

. Outubro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

.links