EM CADA SONHO UM POEMA, UMA ALMA, UM CORAÇÃO DESFEITO DE MILHENTAS ATITUDES...SOLTA-TE PELO VAGUEAR DOS PENSAMENTOS, LÊ POESIA E DESCOBRE-TE NA IMENSIDÃO DAS PALAVRAS!...Yaleo 

Quinta-feira, 31 de Dezembro de 2009
Feliz 2010



publicado por Yaleo às 17:11
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 25 de Dezembro de 2009
Natal...

 

Natal, palavra emblemática no seu sentido ético e sobretudo religioso, afinal há quem diga que “Natal é quando o Homem quiser”. Não posso concordar com tal afirmação pois dentro de um contexto simples é aceitável, mas fora do contexto da época em que a data se assinala, perde o seu significado e pode levar-nos a deixar de perceber que neste dia nasceu alguém que mudou o “Mundo”, que Natal é uma Família.
Não é o Inverno que faz o Natal, não são os dias frios ou a neve que cai que fazem o Natal, pois se assim fosse não haveria Natal no hemisfério Sul. Natal não implica ser vivido num contexto de fé, indo à missa do galo, reunindo toda a família numa mesa recheada de iguarias. Natal pode ser vivido com a mesma intensidade por ateus, ou até mesmo pelos que dizem que odeiam o Natal e que afirmam não acreditar em Deus. Natal pode ser vivido à maneira de cada um e sendo cada um o seu próprio Natal.
Para mim o Natal não significa Deus, nascimento de Jesus ou uma data de calendário em que todos trocam prendas. Natal significa harmonia que se gera em torno das pessoas mais receptivas a ajudar o seu semelhante. Funciona como se alguma força magnética lançada sobre o “Mundo”  tornasse   as pessoas mais solidárias, mais afectivas, mais humanas, mais amigas umas das outras. É verdade que se reforça o espírito de família, que muitas vezes só neste dia se junta. Natal é aquele espírito que paira no ar, uma certa magia com a chegada da figura do Pai Natal, que desperta nas crianças o poder do imaginário, algo que agrada aos adultos, felizes por reviverem, através das suas proles, momentos de criança. É um dia em todos podemos ser crianças.
É este espírito de solidariedade “universal”, algo impossível de prolongar ao longo do ano, que torna o Natal mágico.   É certo que a sociedade de consumo vence todas as barreiras, estas alterações sociais e a mudança das estruturas  familiares, transformaram o Natal numa orgia  consumista, que suplantou o significado da Festa da Família e relegou a solidariedade para segundo plano.   É certo que os tempos mudaram, que hoje o Natal é vivido nos hipermercados, e nos grandes centros comerciais. Mas nós podemos mudar o Natal.
Tudo isto, na minha modesta opinião, e porque enquanto criança, mal dormia para saber qual o chocolate que tinha no sapatinho, aconteceu porque a magia do Natal deu lugar à magia do consumo desmedido e sem significado. Hoje o Natal não significa o nascimento de Jesus em que a mais importante é a família. Hoje o Natal, são os presentes que por vezes se trocam sem uma palavra de agradecimento.
E porque o Natal não vai deixar de existir, eu desejo a todo o “Mundo” um Feliz Natal e um 2010 com mais harmonia entre os Homens.


publicado por Yaleo às 11:40
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Feliz Natal



publicado por Yaleo às 00:01
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 14 de Dezembro de 2009
Voltou...

Voltou…
Com ar de anjo
Com amor no sorriso
voltou…
Com a paixão no peito
Com o destino no caminho
Voltou…
Voltou, mas não ficou.
Um abraço apertado,
Um beijo meigo,
Uma mão suave na minha pele macia,
Um sussurrar de amor
No meu ouvido
Mas não ficou…
Que amor é este?
Que paixão existe no imaginário?
Voltou e não ficou…
Que perdão merece quem ama?
Eu quero-te, mas não te tenho.

 



publicado por Yaleo às 22:00
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 8 de Dezembro de 2009
Victor José - poeta amigo

 

 

 Meus parabéns pelo vídeo, gostei imenso e não resisti em divulgá-lo no meu blog.

Um beijinho grande para ti*

(Desligar a música do blog)



publicado por Yaleo às 22:34
link do post | comentar | favorito

© Todos Direitos Reservados
.Flor

Associação Cultural Jornal O Arrifanense
.pesquisar
 
Users Online
.Outubro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.Poesias recentes

. GRITO

. A resposta

. "A minha janela" em Lisbo...

. Hoje...

. Feliz Dia da Mãe

. Para ti que existes

. Apresentação em Aveiro

. CONVITE - Apresentação em...

. Tempo

. Promoção do Romance "A mi...

.arquivos

. Outubro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

.links